TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

25
Mai 12

o vento é sempre diferente

ele é a alma da gente

rio revolto que tudo leva na frente

 

em quantas formas o vento se mostre

vive a vontade presente que bem se vê, mais se sente

 

© Copyright Migalhas (100NEXUS_2012)

publicado por migalhas às 13:28
tags: ,

12
Fev 12

(...)

 

O vento é o tempo, como o tempo, eterno.

O vento é cada dia, é sopro de vida, a vida de que se fazem os dias.

E de cada vez que um novo dia de velho se finda, o vento nunca.

O vento é sempre novo, alma nómada que percorre cada dia, como sopro de vida que nunca se finda.

 

© Copyright Migalhas (100NEXUS_2008)

publicado por migalhas às 18:26
tags: ,

08
Abr 08

Finda-se tudo, mas nunca o vento.

Finda-se o que é felicidade extrema, o que é dor, agonia, tormento.

Findam-se os dias, a noite finda-se, perece a vida toda, de epílogo tudo padece.

Mas não o vento.

Esse acontece, aconteceu, acontecerá sempre e para sempre num eterno amanhã, como ele é.

Vento é sopro de vida, que a tudo assiste, tudo acompanha.

Vento é a vida de que se fazem os dias, os dias que nos são a vida, um após outro, após outro.

O vento não tem ordem para morrer.

Pode esmorecer, isso pode, fazer-se inexistente, mostrar-se ausente, mas nunca para sempre.

O vento é o tempo, como o tempo, eterno.

Nascer o mundo viu, a tudo assistiu, e nunca, nem por um momento ou ao que fosse, ele sucumbiu.

É galante, se tem de o ser, mas, querendo, é brutal, ser animal.

Escolta os dias, os dias todos, e a vida de que se fazem os dias.

Dá colo a cada um, alimenta-os, olha por eles e recebe-lhes a extrema-unção na hora em que, já cansados, no fim da linha que foi a sua, se entregam rendidos à noite escura, à noite apaziguadora. 

O vento é o tempo, como o tempo, eterno.

O vento é cada dia, é sopro de vida, a vida de que se fazem os dias.

E de cada vez que um novo dia de velho se finda, o vento nunca.

O vento é sempre novo, alma nómada que percorre cada dia, como sopro de vida que nunca se finda.

 

© Copyright Migalhas (100NEXUS_2008)

publicado por migalhas às 18:24
tags:

Dezembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO