TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

15
Out 19

72313138_3038440999502746_5111792680388526080_n.jp

 

Margaret Atwood com "The Testaments" e Bernardine Evaristo com "Girl, Woman, Other" são as vencedoras da edição de 2019 do Booker Prize. Duas vencedoras, que assim terão de dividir entre elas o prémio de £50,000. Algo que, no entanto, não é inédito, pois já em 1974 e 1992 tal tinha acontecido com os pares Nadine Gordimer/Stanley Middleton e Michael Ondaatje/Barry Unsworth, respectivamente. Ainda assim, o facto de terem sido duas as premiadas aguça ainda mais o apetite pelo que devem ser duas obras de uma qualidade bem acima da média.

Quanto a Atwood, é a segunda vez que ganha este Prémio, desta feita com a sequela do badalado "The Handmaid’s Tale". A primeira ocorreu em 2000, com "The Blind Assassin".

Bernardine Evaristo é a primeira mulher negra a receber o Booker e vence-o com o seu oitavo livro de ficção "Girl, Woman, Other".

Aguardemos a publicação de ambas as obras por cá e, até lá, boas leituras.

publicado por migalhas às 13:07

28
Set 19

bestbooks21century.jpg

 

The Guardian fez saber quais são, na sua opinião, os 100 melhores livros do século XXI. De romances de estreia deslumbrantes, a polémicas abrasadoras, passando por história da humanidade e memórias pioneiras, de tudo um pouco aqui está reunido nesta selecção dos melhores dos melhores. A reter, para nos proporcionar mais uns bons momentos de leitura.

Conheçam aqui a lista completa: https://www.theguardian.com/books/2019/sep/21/best-books-of-the-21st-century?fbclid=IwAR1EIAIIVt8SG1qUdUUIvFDVzcBtMUZ7l29Rsv37tjQ4SVjpeezu3ELoZIg

publicado por migalhas às 13:30

20
Set 19

Captura de ecrã 2019-09-20, às 16.25.05.png

 

2019 LONGLIST FOR THE NATIONAL BOOK AWARD FOR FICTION:

Taffy Brodesser-AknerFleishman Is in Trouble
Random House / Penguin Random House

Susan ChoiTrust Exercise
Henry Holt & Company / Macmillan Publishers

Kali Fajardo-AnstineSabrina & Corina: Stories
One World / Penguin Random House

Marlon JamesBlack Leopard, Red Wolf
Riverhead Books / Penguin Random House

Laila LalamiThe Other Americans
Pantheon Books / Penguin Random House

Kimberly King ParsonsBlack Light: Stories
Vintage / Penguin Random House

Helen PhillipsThe Need
Simon & Schuster

Julia PhillipsDisappearing Earth
Alfred A. Knopf / Penguin Random House

Ocean VuongOn Earth We’re Briefly Gorgeous
Penguin Press / Penguin Random House

Colson WhiteheadThe Nickel Boys
Doubleday / Penguin Random House

 

Saibam tudo aqui: https://www.nationalbook.org/2019-national-book-awards-longlist-for-fiction/

publicado por migalhas às 19:30

10
Nov 18

Fome_150_229.jpg

 

Não há fome que não dê em fartura, diz o ditado. E é mesmo isso. O que aqui há uns anos era raridade por cá, hoje é um mar a perder de vista. Refiro-me à edição de livros fantásticos e de horror que, graças a editoras como a Saída de Emergência, hoje chegam até nós em quantidade e qualidade para nos proporcionar muitos e, quase sempre, bons momentos de leitura. É o caso deste Fome, editado em Junho deste ano, que nos oferece um relato tenso e fascinante sobre a trágica expedição no Oeste americano que levou a um dos maiores desastres da história da América. Numa narrativa sempre em crescendo, cativa do início ao fim, mostrando as dificuldades de uma época em que muitos se aventurarm pelo desconhecido, quantas vezes nunca dele regressando. Recomendo vivamente.

http://www.saidadeemergencia.com/produto/a-fome/

publicado por migalhas às 15:00

07
Nov 18

befunky-collage-15.jpg

 

Já sabem o que ler em Novembro? Sim, porque ler não escolhe dia nem hora, e ai de quem não tenha sempre um bom livro por perto para lhe temperar a vida. 2018 Está nas últimas, mas o que parece nunca acabar é a edição literária, e ainda bem, dizemos nós que adoramos livros. Posto isto, deem uma olhadela às novidades neste link https://observador.pt/2018/10/29/tome-nota-estes-sao-os-lancamentos-de-novembro-2/?fbclid=IwAR0NHKtqh84sqXIFiLKcw5aBXWTap2AFex9dS1n0KFGO8j5DRhX1uPGs6_s

ou visitem a vossa livraria habitual, onde, aí sim, o cheiro dos livros, o tactear do papel, o folhear da cada obra, o olhar guloso sobre as capas incríveis, tudo se torna bem mais real, palpável, apetecível. Vamos a isso? E boas leituras.

publicado por migalhas às 16:09

31
Ago 16

9789722051637.jpg

 

O romance de Deborah Levy, «Nadar para Casa» (D. Quixote), finalista do Man Booker Prize 2012, é elíptico e perturbador. Como uma peça de teatro, com palco e actores, cresce dividido em pequenos capítulos. Quando todas as peças encaixam, obtém-se um todo: estranho e desconfortável, mas singular.

 

O poema de Kitty Finch, que dá nome ao livro, revela-se a peça-chave para o ponto final de uma narrativa que carrega a mensagem de que «é preciso sonhar para lá da vida e voltar a entrar, porque a vida tem sempre de nos atrair de volta». Acutilante a escrita de Deborah Levy. Brilhante.

publicado por migalhas às 17:23

Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO