TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

27
Jul 18

41lzVtKHUkL._SX258_BO1,204,203,200_.jpg

 

Para tudo há uma primeira vez e eis que chegou a de um romance gráfico se estrear entre os seleccionados para o Man Booker Prize.

"Sabrina", do norte-americano Nick Drnaso, faz assim as honras de pioneiro ao incluir-se pela primeira vez na lista de candidatos ao Man Booker Prize desde que este é atribuído, ou seja, 1969.

Será que as 50.000 libras do prémio irão para este estreante? Seria de facto uma estreia de sonho, mas para tal teremos de aguardar pelo próximo mês de Outubro, mais concretamente pelo dia 16, para conhecermos o título vencedor deste cobiçado prémio literário.

Até lá, fica desde já a grande curiosidade sobre este romance gráfico publicado pela Granta Books.

publicado por migalhas às 18:30

24
Jul 18

MBP-Longlist-FullStack 2.jpg

 

Foi ontem anunciada a sempre tão aguardada longa lista de eleitos ao muito reconhecido prémio literário The Man Booker Prize, edição 2018.

Da lista constam 13 romances, dos quais aqui ficam os autores e respectivos títulos:

 

Autor (país)                                 Título da obra

Belinda Bauer (UK)                      Snap (Bantam Press)

Anna Burns (UK)                          Milkman (Faber & Faber)

Nick Drnaso (USA)                       Sabrina (Granta Books)

Esi Edugyan (Canada)                 Washington Black (Serpent’s Tail)

Guy Gunaratne (UK)                    In Our Mad And Furious City (Tinder Press)

Daisy Johnson (UK)                     Everything Under (Jonathan Cape)

Rachel Kushner (USA)                The Mars Room (Jonathan Cape)

Sophie Mackintosh (UK)              The Water Cure (Hamish Hamilton)

Michael Ondaatje (Canada)         Warlight (Jonathan Cape)

Richard Powers (USA)                 The Overstory (William Heinemann)

Robin Robertson (UK)                  The Long Take (Picador)

Sally Rooney (Ireland)                  Normal People (Faber & Faber)

Donal Ryan (Ireland)                    From A Low And Quiet Sea (Doubleday Ireland)

 

Esta lista irá naturalmente encolher e a 20 de Setembro teremos notícias dos que nela se incluirão, na chamada Short List, para depois, a 16 de Outubro, ficarmos então a saber qual de todos eles foi aquele que mereceu o troféu, o qual, relembro, corresponde a um apetecível prémio no valor de £50,000.

Aguardemos pois e, até lá, gozemos o período de férias dando importância aos que já ganharam este prémio em versões anteriores.

Boas leituras e melhores férias.

publicado por migalhas às 18:30

27
Jun 18

McGarvey-2018.jpg

 

"George Orwell would have loved this book".

Talvez por isso lhe tenha sido atribuído o prémio literário Orwell Prize for Books. Falo de "POVERTY SAFARI", de Darren McGarvey, também conhecido, para além de escritor, enquanto rapper e activista sob a designação de "Loki".

Este é o mais prestigiado prémio da Grã-Bretanha no que toca à escrita de carácter mais político, concedido anualmente pela Fundação Orwell ao livro que mais se aproxima da ambição do escritor inglês George Orwell de "transformar a escrita política numa forma de arte".

Aguardemos agora pela sua publicação local para, também nós, podermos desfrutar dos méritos que lhe valeram este importante prémio literário.

https://www.orwellfoundation.com/book-title/poverty-safari/

 

publicado por migalhas às 18:45

23
Mai 18

512uyXCIywL.jpg

 

... a Polónia. É isso. Olga Tokarczuk, autora de Flights, é a vencedora da edição de 2018 do Man Booker Prize International e a primeira de nacionalidade polaca a vencer este prémio de tradução.

O prémio em questão — no valor de 50 mil libras (cerca de 57 mil euros), que será dividido de igual forma entre a autora e a tradutora — foi seleccionado entre 108 obras submetidas e escolhido por um painel composto por cinco jurados.

Saibam tudo em: https://observador.pt/2018/05/22/polaca-olga-tokarczuk-vence-man-booker-prize-international/

publicado por migalhas às 16:00

13
Abr 18

DdY24YUXcAAYmm4.jpg

 

Estão revelados os 6 candidatos que, entre si, vão disputar o tão apetecível Man Booker International, versão de 2018, um dos mais aclamados prémios de literatura traduzida. 

Para conhecermos o nome vencedor da edição deste ano teremos de aguardar até ao próximo 22 de Maio.

Até lá, aqui fica a lista dos seis finalistas do Man Booker Prize International de 2018:

  1. Vernon Subutex 1, de Virginie Despentes (França). Traduzido por Frank Wynne e publicado pela MacLehose Press;
  2. The White Book, de Han Kang (Coreia do Sul). Traduzido por Deborah Smith publicado pela Portobello Books;
  3. The World Goes On, de László Krasznahorkai (Hungria). Traduzido por John Batki, Ottilie Mulzet e George Szirtes e publicado pela Tuskar Rock Press;
  4. Like a Fading Shadow, de Antonio Muñoz Molina (Espanha). Traduzido por Camilo A. Ramirez e publicado pela Tuskar Rock Press;
  5. Frankenstein in Baghdad, de Ahmed Saadawi (Iraque). Traduzido por Jonathan Wright e publicado pela Oneworld;
  6. Flights, de Olga Tokarczuk (Polónia). Traduzido por Jennifer Croft e publicado pelas Fitzcarraldo Editions.
publicado por migalhas às 16:30

13
Mar 18

ManBookerInternationalInPost.jpg

 

O conceituado prémio Man Booker Prize International já tem a sua longlist para a edição de 2018. 

Dela constam estes 13 magníficos:

  1. The 7th Function of Language, de Laurent Binet (França). Traduzido por Sam Taylor e publicado pela Harvill Secker;
  2. The Impostor, de Javier Cercas (Espanha). Traduzido por Frank Wynne e publicado pela MacLehose Press;
  3. Vernon Subutex 1, de Virginie Despentes (França). Traduzido por Frank Wynne e publicado pela MacLehose Press;
  4. Go, Went, Gone, de Jenny Erpenbeck (Alemanha). Traduzido por Susan Bernofsky e publicado pela Portobello Books;
  5. The White Book, de Han Kang (Coreia do Sul). Traduzido por Deborah Smith publicado pela Portobello Books;
  6. Die, My Love, de Ariana Harwicz (Argentina). Traduzido por Sarah Moses e Carolina Orloff e publicado pela Charco Press;
  7. The World Goes On, de László Krasznahorkai (Hungria). Traduzido por John Batki, Ottilie Mulzet e George Szirtes e publicado pela Tuskar Rock Press;
  8. Like a Fading Shadow, de Antonio Muñoz Molina (Espanha). Traduzido por Camilo A. Ramirez e publicado pela Tuskar Rock Press;
  9. The Flying Mountain, de Christoph Ransmayr (Áustria). Traduzido por Simon Pare e publicado pela Seagull Books;
  10. Frankenstein in Baghdad, de Ahmed Saadawi (Iraque). Traduzido por Jonathan Wright e publicado pela Oneworld;
  11. Flights, de Olga Tokarczuk (Polónia). Traduzido por Jennifer Croft e publicado pelas Fitzcarraldo Editions;
  12. The Stolen Bicycle, de Wu Ming-Yi (Taiwan). Traduzido por Darryl Sterk e publicado pela Text Publishing;
  13. The Dinner Guest, de Gabriela Ybarra (Espanha). Traduzido por Natasha Wimmer e publicado pela Harvill Secker.

Destes, apenas 6 farão parte da shortlist, a ser anunciada a 12 de Abril, com o grande vencedor a ser revelado a 22 de Maio. De relembrar que no ano passado o prémio foi atribuído ao israelita David Grossman, autor do romance Um Cavalo Entra num Bar.

Saibam mais aqui: https://blog.booktopia.com.au/2018/03/13/man-booker-international-prize-2018-longlist/

publicado por migalhas às 16:00

30
Jan 18

350x.jpg

 

Vencedor do MAN BOOKER INTERNATIONAL PRIZE do ano passado, chega agora até nós esta "obra-prima curta e chocante em que o absurdo e o humor são usados para explorar os recantos mais sombrios da condição humana. Uma história de tortura psicológica e espiritual de dar cabo dos nervos, o tipo de história que é tão negra que a única defesa contra ela é o humor mais negro", segundo o The Sunday Times.

David Grossman coloca-nos assim perante a questão: Será que uma piada é só uma piada?
O premiado e internacionalmente aclamado autor de "Até ao Fim da Terra" apresenta-nos agora um romance sobre a vida de um cómico de stand-up, revelada no decorrer da performance de uma noite. Na dança entre humorista e público, com farpas voando de um lado para o outro, uma história mais profunda vai tomando forma - uma história que irá alterar a vida de muitos dos presentes. bertrand.pt

A ler, sem dúvidas.

publicado por migalhas às 20:00

17
Out 17

lincoln.jpg

 

Está oficialmente anunciado o vencedor do Man Booker Prize, edição 2017. Desta feita a escolha recaiu sobre George Saunders com a sua obra "Lincoln in the Bardo", naquele que é o primeiro romance deste americano mais conhecido pelas suas short stories. Mais ou menos merecido que os restantes cinco que o acompanhavam nesta fase final, a verdade é que este já ninguém lho tira. Resta-nos agora a nós, leitores, avaliar o mérito deste prémio, através da leitura das páginas que convenceram este júri sempre tão exigente. Até à próxima edição, a de 2018, temos muito tempo para tal. Boas leituras.

publicado por migalhas às 22:08

06
Out 17

DLXoJgNXcAEY_KU.jpg

 

Depois de uma esmerada educação numa escola de rapazes em Surrey, Reino Unido, de posteriormente ter trabalhado para a Rainha Mãe como grouse-beater — basicamente afugentando galinhas bravas na direção dos caçadores — e de ter sido assistente social nos bairros mais pobres de Londres, Kazuo Ishiguro vence o Prémio Nobel da Literatura de 2017. Ou a prova provada de que vale a pena estudar, o que ele fez na Universidade de Kent, na Cantuária, onde se especializou em língua inglesa e filosofia.

No total, Ishiguro conta já com nove obras publicadas, a primeira em 1981 e a mais recente, The Buried Giant, em 2015. Das suas obras mais conhecidas, o destaque vai para Os Despojos do DiaNunca me Deixes e Nocturnos.

Conta com um total de 21 distinções (somando o Nobel agora ganho), sendo que, entre elas, as mais relevantes são o Man Booker Prize para ficção (2005), os dois Best of Young British Novelists atribuídos pela Granta (em 83 e 93) e a nomeação como Chevalier de l’Ordre des Arts et des Lettres em França, no ano de 1998.

 

Fonte: Observador

publicado por migalhas às 20:00

13
Set 17

Captura de ecrã 2017-09-13, às 10.41.29 AM.png

 

Foi hoje anunciada a shortlist do Man Booker para este ano de 2017. Os pesos pesados Paul Auster e George Saunders seguem em frente e, a ver vamos, a 17 de Outubro próximo, se não será mesmo um deles a vencer este tão apetecível prémio literário no valor de £50,000.

Aqui fica a 2017 Man Booker shortlist:

4321 by Paul Auster (Faber)

History of Wolves by Emily Fridlund (Weidenfeld & Nicolson)

Exit West by Mohsin Hamid (Hamish Hamilton)

Elmet by Fiona Mozley (JM Originals, John Murray)

Lincoln in the Bardo by George Saunders (Bloomsbury)

Autumn by Ali Smith (Hamish Hamilton)

 

publicado por migalhas às 10:33

Julho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
25
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

facebook
contador
NetworkedBlogs
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO