TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

12
Dez 18

51XfM5ztMoL.jpg

 

Trata-se do primeiro volume da trilogia "Área X", de Jeff Vandermeer, e vencedor dos Prémios Nébula e Shirley Jackson de Melhor Romance de 2014. Teve honras de adaptação ao cinema, num filme que contou com um elenco inteiramente feminino, capitaneado por actrizes de peso como Natalie Portman e Jennifer Jason Leigh, e cuja história não deixa de ser, também ela, algo insólita e que aqui pode ser melhor entendida: https://www.publico.pt/2018/03/12/culturaipsilon/noticia/aniquilacao-o-filme-que-hollywood-nao-soube-perceber-1806302

Quanto ao livro, que é o que aqui me traz, eis a sua sinopse:
Área X. Uma zona misteriosa e isolada do resto do mundo. Onde a natureza reclamou para si qualquer vestígio de civilização. Sucessivas expedições são enviadas para investigar o mistério que levou à sua contaminação, mas todas redundam em fracasso e os seus membros regressam meras sombras das pessoas que partiram.
Até que chega a vez da 12.ª expedição. Composta por quatro mulheres (antropóloga, topógrafa, psicóloga e bióloga), a sua missão é desvendar o enigma. Mas acontecimentos bizarros e formas de vida que ultrapassam o entendimento minam a confiança entre os membros da expedição. Nada é o que parece e o perigo espreita a cada esquina. Que novos horrores se escondem na Área X? Será a 12.ª expedição capaz de revelar todos os segredos… ou estará condenada à pior das tragédias?
publicado por migalhas às 19:30

03
Dez 18

27507.books.origjpg.jpg

 

A estonteante história de amor de Sally Rooney, "Pessoas Normais" (Faber & Faber), foi nomeada Livro do Ano de 2018, pela Waterstones, the UK's nº 1 bookseller. Agora é aguardar pela sua edição por cá para ficarmos a saber o porquê de, entre tantos outros livros editados este ano, ter sido este o premiado. Boas leituras.

https://www.thebookseller.com/news/sally-rooneys-second-novel-named-waterstones-book-year-2018-901446

https://www.waterstones.com/category/cultural-highlights/book-awards/the-waterstones-book-of-the-year

 

publicado por migalhas às 20:00

22
Nov 18

Captura de ecrã 2018-11-22, às 17.54.29.png

Captura de ecrã 2018-11-22, às 17.54.47.png

Captura de ecrã 2018-11-22, às 17.55.07.png

 

Já são conhecidos os vencedores deste ano dos National Book Award, também conhecidos como os Óscares do mundo literário. Um ano em que se estreou um novo prémio, para a categoria de Literatura traduzida. No link disponibilizado, saibam mais em pormenor quem foi quem nas categorias de Ficção, Não Ficção, Literatura Traduzida, Poesia e Literatura Juvenil, na passada noite de 14 de Novembro.

 

https://www.booklistreader.com/2018/11/15/book-awards/2018-national-book-award-winners-announced/

publicado por migalhas às 20:00

12
Nov 18

42904338_2233999620213388_9035158641434427392_n.pn

 

Este já está em fila de espera para ser o próximo. Se foi considerado o Livro do ano para The Guardian, Financial Times, The Times Literary Supplement, Observer e The Daily Telegraph, bom, então a expectativa cresce a cada hora que me separa do início desta aventura pelo Reservatório 13. Em breve, muito em breve.

http://www.elsinore.pt/livros/reservatorio-13?fbclid=IwAR2eharZLCdql4IKmVMN1tL4twqShGDGpm7oh4S6eHF-M4s-Y07o2YOtLcU

publicado por migalhas às 12:00

17
Out 18

181009 Winner-graphic milkman.png

 

É verdade. Um dos mais apetecíveis prémios literários do ano foi desta vez para uma mulher, de seu nome Anna Burns, autora de Milkman (romance editado pela Faber & Faber). A vencedora deste ano do Man Booker Prize tem 56 anos e é a primeira escritora da Irlanda do Norte a vencer o prémio literário, um dos mais importantes de língua inglesa, que celebra este ano o seu 50º aniversário. Refira-se ainda que desde 2013, ano em que a neo-zelandesa Eleanor Catton levou de vencida a concorrência com o seu romance The Luminaries, que uma mulher não alcançava tamanho feito.

Vamos agora aguardar pela edição deste e dos restantes finalistas, que, segundo Guildhal, o presidente do júri, todos eles foram capazes de "nos levar para lá da nossa zona de conforto, de tal forma que somos capazes de já não conseguir regressar". "Estes livros falam muito do nosso tempo, mas acreditamos que são capazes de perdurar", disse ainda.

Outros membros do júri classificaram ainda os seis finalistas deste ano como "muito inovadores, brilhantes, desafiantes e muito difíceis em certos momentos, mas de uma forma que nos faz sentir bem". "Todos quebram barreiras, todos nos fazem pensar acerca de coisas sobre as quais talvez nunca tenhamos pensado antes". "Falam de coisas sobre as quais apenas podemos falar agora. O tema recorrente é diferentes tipos de trauma, quer seja em relação ao ambiente ou em relação à mente".

Aguardemos e, até lá, boas leituras.

publicado por migalhas às 12:00

12
Out 18

aluckyman.jpgflorida.jpgwherethedead.jpg

thefriend.jpgThe Great Believers.jpeg

 

A National Book Foundation anunciou os finalistas para a edição 2018 dos National Book Awards nas várias categorias a concurso. 

A escolha dos vencedores finais terá lugar a 14 de Novembro próximo, mas entretanto, e até lá, podem conferir os nomes que, para já, chegaram a este ponto da prova, aqui: https://www.booklistreader.com/2018/10/10/book-awards/2018-national-book-award-finalists-announced/ 

Que nunca faltem bons autores que nos proporcionem sempre boas leituras!

publicado por migalhas às 12:30

11
Out 18

mail.png

 

A escassos 5 dias da atibuição do Man Booker deste ano, a Bertrand lança-nos o desafio de avançarmos para os seis finalistas, sendo que traduzido para a nossa língua apenas um, "O quarto de Marte", de Rachel Kushner (USA). Para quem a leitura na língua inglesa não seja problema, pode igualmente tentar-se aos restantes cinco, os quais podem ser adquiridos aqui: https://www.bertrand.pt/destaques/finalistas-man-booker-2018/5839/5839/9393

Seja qual for a decisão, certeza é que boas leituras não faltarão.

publicado por migalhas às 12:30

03
Out 18

carnegie-medals.png

 

Mais um prémio literário aqui anunciado, mais uma Longlist. Trata-se do Andrew Carnegie Medals for Excellence 2019, nas categorias Ficção e Não-ficção.
A lista mais curta, de seis títulos (três para as medalhas de Ficção e Não-ficção), será anunciada no dia 24 de Outubro próximo, enquanto os dois medalhados finais serão anunciados já em 2019, mais concretamente a 27 de Janeiro.

Confiram os nomes agora anunciados aqui: http://www.ala.org/awardsgrants/carnegieadult/longlists e boas leituras!

publicado por migalhas às 18:30

20
Set 18

180919 For Website newsletter (2).png

 

Anunciada a shortlist do Man Booker Prize de 2018, esta contempla três escritores britânicos (Burns, Johnson e Robertson), dois americanos (Kushner e Powers) e um autor canadense (Edugyan), e dá à Penguin Random House três dos seis títulos escolhidos.

Cada um dos autores finalistas recebe £ 2.500 e uma edição especial do seu livro. O vencedor de 2018 será anunciado a 16 de Outubro próximo, no Guildhall de Londres, em cerimónia a ser transmitida pela BBC.

 

Eis a lista dos finalistas:

Author (country/territory)                       Title (imprint)

Anna Burns (UK)                                       Milkman (Faber & Faber)

Esi Edugyan (Canada)                              Washington Black (Serpent’s Tail)

Daisy Johnson (UK)                                  Everything Under (Jonathan Cape)

Rachel Kushner (USA)                             The Mars Room (Jonathan Cape)

Richard Powers (USA)                             The Overstory (William Heinemann)

Robin Robertson (UK)                             The Long Take (Picador)

 

Leiam mais aqui: https://themanbookerprize.com/fiction/news/man-booker-prize-announces-2018-shortlist

E boas leituras!

publicado por migalhas às 13:30

27
Jul 18

41lzVtKHUkL._SX258_BO1,204,203,200_.jpg

 

Para tudo há uma primeira vez e eis que chegou a de um romance gráfico se estrear entre os seleccionados para o Man Booker Prize.

"Sabrina", do norte-americano Nick Drnaso, faz assim as honras de pioneiro ao incluir-se pela primeira vez na lista de candidatos ao Man Booker Prize desde que este é atribuído, ou seja, 1969.

Será que as 50.000 libras do prémio irão para este estreante? Seria de facto uma estreia de sonho, mas para tal teremos de aguardar pelo próximo mês de Outubro, mais concretamente pelo dia 16, para conhecermos o título vencedor deste cobiçado prémio literário.

Até lá, fica desde já a grande curiosidade sobre este romance gráfico publicado pela Granta Books.

publicado por migalhas às 18:30

Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO