TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

26
Mar 19

502x.jpg

 

Dia do Livro Português é comemorado em 26 de março.

A data foi criada pela Sociedade Portuguesa de Autores com o intuito de destacar a importância do livro, do saber e da língua portuguesa em todo o mundo.

Foi escolhido o dia 26 de março para esta celebração pois foi neste dia, em 1487, que se imprimiu o primeiro livro em Portugal: o “Pentateuco”, em hebraico. Ele saiu das oficinas do judeu Samuel Gacon, na Vila-a-Dentro, em Faro.

Já o primeiro livro escrito em português foi impresso no Porto, dez anos depois, em 4 de janeiro de 1497. Produzido pelo primeiro impressor luso, Rodrigo Álvares, o livro tinha o título de “Constituições que fez o Senhor Dom Diogo de Sousa, Bispo do Porto”.

 

Fonte: https://www.calendarr.com/portugal/dia-do-livro-portugues/

publicado por migalhas às 19:00

23
Abr 17

Captura de ecrã 2017-04-21, às 10.22.49 AM.png

 

Celebra-se no dia de hoje, 23 de Abril, e serve a data para chamar a atenção para a importância do livro como bem cultural, essencial para o desenvolvimento da literacia e para o desenvolvimento económico. Ler é fundamental. Instrui, abre portas, alarga horizontes, solta emoções, leva-nos a lugares e transporta-nos para aventuras que de outra forma seriam impossíveis. Vamos pois respeitar os livros e fazer deles a base de um mundo melhor, onde o respeito pelos outros, a tolerância e a sã convivência, possam ser os grandes títulos que nos acompanhem diariamente.

Boas leituras.

Origem da data

A UNESCO instituiu em 1995 o Dia Mundial do Livro. A data foi escolhida por ser um dia importante para a literatura mundial - foi a 23 de abril de 1616 que faleceu Miguel de Cervantes e a 23 de abril de 1899 que nasceu Vladimir Nabokov. O dia 23 de abril é também recordado como o dia em que nasceu e morreu o famoso escritor inglês William Shakespeare.

Fonte: www.calendarr.com

publicado por migalhas às 11:00

13
Fev 17

1540-1.jpg

1540-6-1.jpg

1540-6.jpg

 

Infelizmente, muitos foram os nomes maiores das mais diversas áreas da arte e cultura que nos deixaram no passado ano de 2016. Nesta selecção breve, fica o que pode ser visto como uma nostágica lembrança dessas figuras e do espaço imensurável que ocuparam, e para sempre irão ocupar, na história da humanidade.

À vossa atenção: http://www.revistaestante.fnac.pt/os-livros-que-imortalizam-quem-nos-deixou-em-2016/

E boas recordações.

publicado por migalhas às 20:00

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO