TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

17
Out 18

181009 Winner-graphic milkman.png

 

É verdade. Um dos mais apetecíveis prémios literários do ano foi desta vez para uma mulher, de seu nome Anna Burns, autora de Milkman (romance editado pela Faber & Faber). A vencedora deste ano do Man Booker Prize tem 56 anos e é a primeira escritora da Irlanda do Norte a vencer o prémio literário, um dos mais importantes de língua inglesa, que celebra este ano o seu 50º aniversário. Refira-se ainda que desde 2013, ano em que a neo-zelandesa Eleanor Catton levou de vencida a concorrência com o seu romance The Luminaries, que uma mulher não alcançava tamanho feito.

Vamos agora aguardar pela edição deste e dos restantes finalistas, que, segundo Guildhal, o presidente do júri, todos eles foram capazes de "nos levar para lá da nossa zona de conforto, de tal forma que somos capazes de já não conseguir regressar". "Estes livros falam muito do nosso tempo, mas acreditamos que são capazes de perdurar", disse ainda.

Outros membros do júri classificaram ainda os seis finalistas deste ano como "muito inovadores, brilhantes, desafiantes e muito difíceis em certos momentos, mas de uma forma que nos faz sentir bem". "Todos quebram barreiras, todos nos fazem pensar acerca de coisas sobre as quais talvez nunca tenhamos pensado antes". "Falam de coisas sobre as quais apenas podemos falar agora. O tema recorrente é diferentes tipos de trauma, quer seja em relação ao ambiente ou em relação à mente".

Aguardemos e, até lá, boas leituras.

publicado por migalhas às 12:00

Outubro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
13

14
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO