TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

15
Jun 16

710cmeytA7S.jpg

 

"Caro amigo, nas horas poeirentas e intemporais da cidade, agora que as ruas jazem negras
e exalam nuvens de vapor na esteira dos camiões-cisterna e agora que os bêbedos e os sem-abrigo
desaguaram nas vielas e nos terrenos baldios, abrigados junto aos muros, e os gatos
vagueiam nas soturnas cercanias, esguios e de espáduas altaneiras, agora nestas galerias
empedradas ou de tijolos enegrecidos de fuligem onde as sombras dos fios eléctricos formam
uma harpa espectral nas portas das caves, ninguém caminhará senão tu."

 

excerto de Suttree de Cormac McCarthy

publicado por migalhas às 20:00

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Junho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO