TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

19
Set 07

Não está em causa o desfecho de cada um dos casos (se bem que por ora ainda incertos) e muito menos as vítimas envolvidas nos mesmos (crianças pequenas que não tiveram como se defender). O que salta à vista, e de certo modo incomoda, é o peso e respectivas medidas atribuídas a cada um dos casos, em tudo análogos. O caso da pequena Joana, menina portuguesa filha de família de fracos recursos, e o da pequena Maddie, menina inglesa filha de médicos ingleses em férias no Algarve. Não me lembro de tanta celeuma à volta do primeiro caso (embora tenha tido os seus 15 minutos de fama), de tanta notoriedade, cobertura mediática interna e externa, de tantas teorias, comentários, falatório, como no segundo. Onde, desde a primeira hora, foi clara a disposição de prestar vassalagem ao império britânico, que, mesmo enfraquecido e sem a autoridade de outrora, parece ainda impor algum respeito fora de portas. Muita coisa foi posta em causa durante este processo. Nomeadamente a capacidade das nossas autoridades para resolverem esta situação. Mas se se vier a provar que as suas conclusões conduzirão a um desfecho indiscutível quanto aos culpados, esteja esta culpa de algum modo associada aos pais da criança ou não, sempre quero ver as reacções daqueles que, quer cá, quer lá fora, questionaram os métodos e a qualidade do trabalho levado a cabo pela nossa polícia. Por que agora, mais do que por qualquer outra razão, em causa está o bom nome desta instituição nacional aos olhos do mundo. Razão por que, com toda a certeza, irão até às últimas consequências para resolverem cabalmente este caso. Convém lembrar que, ao fazê-lo, estarão igualmente a revelar um outro facto de extrema importância de que, muito possivelmente, nem se darão conta, e que tem objectivamente a ver com o empenho. Empenho esse que se fosse sempre sujeito à pressão do mediatismo exacerbado de que este caso é um claro exemplo, os resultados poderiam ser sempre de uma excelência que, afinal, até existe, mas, infelizmente, apenas e só para inglês ver.

publicado por migalhas às 15:15

terminas mt bem o texto.
ana a 20 de Setembro de 2007 às 15:52

Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

16
22

23
25
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO