TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

20
Abr 06

A cantora norte-americana Whitney Houston voltou a ser internada numa clínica no Arizona, Estados Unidos, devido ao consumo de drogas. Viciada em heroína e «crack», esta que já foi considerada uma das 50 personalidades mais belas do mundo, arrasta-se hoje pelas ruas da amargura, agarradinha ao que parece ser a sua única bóia de salvação, salvo seja. A acompanhá-la, mais uma ex-figura grande da música, que parece igualmente ter encontrado outros interesses no mundo duvidoso das drogas. Falo de George Michael, que sofre de uma forte dependência de haxixe a que se entrega para crises enormes de depressão que, um dia destes, ainda acabam mal. Mas será que esta gente, a quem nada falta – fama, dinheiro, sucesso, popularidade, o diabo a sete -, não encontra nada melhor para fazer do que autodestruir-se? Será que não lhes custou a atingir os patamares que em tempos já ocuparam? Ou não terão gostado e daí entregarem-se a esta outra forma de suicídio? Seja como for, parece-me que ambos possuem ainda algumas das capacidades que antes demonstraram e que lhes pode permitir ainda o regresso à ribalta. Muita gente agradecia. Até por que faz pena ver-se desperdiçar talentos, quando eles nunca são demais no contributo que possam dar para um mundo melhor, mais positivo e não de degradação, que é aquilo com que, infelizmente, estes dois artistas hoje nos presenteiam.

publicado por migalhas às 11:50

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Abril 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
22

23
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO