TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

24
Jan 05
Preparem-se os mais propensos - e não só - a depressões, pois a acreditar na opinião sustentada de alguns investigadores da Universidade de Cardiff, no Reino Unido, esta segunda-feira vai ser o dia mais infeliz do Inverno. E não é apenas por ser segunda-feira, desenganem-se. Na base destas afirmações, está uma fórmula estabelecida por estes mesmos especialistas e onde se prova que o dia 24 de Janeiro será, sem qualquer margem de dúvida, o mais propício à infelicidade e à depressão. O cálculo que os levou a estas conclusões, no mínimo curiosas, tem em conta o mau tempo, as dívidas, o tempo que passou desde o Natal, o falhanço em atingir os objectivos do Ano Novo e a falta de motivação, segundo adiantou o professor catedrático Cliff Arnalls. Em declarações à BBC, o investigador explica que a fórmula da infelicidade é 1/8W+(D-d) 3/8xTQ MxNA. No caso, W é o tempo, D é a quantia em dívida, menos o ordenado de Janeiro (d) e T é o tempo que passou desde o Natal. Há ainda que ter em conta Q, o período desde que se falhou numa tentativa de deixar um vício e M, níveis de motivação, assim como NA, a necessidade de agir e fazer alguma coisa quanto à situação. Posto isto, o professor da Universidade de Cardiff calculou os efeitos do tempo frio, molhado e escuro que se sentiu depois do período acolhedor do Natal - só se foi no Reino Unido! -, juntamente com os gastos extra de dinheiro nos saldos. Tudo somado, faz crer a este investigador, e a toda a sua entusiástica equipa, que o dia 24 de Janeiro será especialmente perigoso, já que estabelece exactamente um mês após o período das Festas. Ainda segundo este especialista, por esta altura também as boas energias das Festas já se esgotaram, para além de que a maioria das pessoas terá também desistido de deixar de fumar ou de outras resoluções de Ano Novo, o que acarreta uma sensação extra de falha com o consequente abalo de confiança. Existe, no entanto, solução para combater a neura - aliás como existe para tudo - e esta passa por fazer exercício físico ou dedicar algum tempo à leitura. E agora digo eu, que não sou especialista em nada, leiam sim e muito, mas façam-no de preferência junto a uma lareira acesa ou bem abrigados. Pois prevê-se para esta semana em Portugal uma vaga de frio intenso que, esse sim, pode causar mossa se não for devidamente acautelado ou levado a sério.
publicado por migalhas às 10:50

Desculpa, com o entusiasmo e com o choro de riso de ontem, até me enganei na inclusão do comentário. Este refere-se mesmo ao "Bloqueado e furioso"... Amaral
(http://amaralnascimento.blogspot.com)
(mailto:amaralnascimento@hotmail.com)
Anónimo a 27 de Janeiro de 2005 às 00:56

A mim é preciso mt mais do q isso p me deprimir......e nunca te esqueças q rir é o melhor remédio, portanto, qd te sentires deprimido - RI! Namasté.ana
</a>
(mailto:ana.pereira@wportugal.pt)
Anónimo a 26 de Janeiro de 2005 às 11:12

Não teve graça nenhuma,o que lhe aconteceu, amigo!
Mas a graça mordaz e entusiasmante como a história está contada, fez-me rir como não o fazia há muito. Ri saudavelmente! E não fui só eu, porque li o texto em voz alta e contagiei a minha cara-metade.
Amigo, ainda bem que não o "passou a ferro"!
Mas que era o que ele merecia, ah isso era...Amaral
(http://amaralnascimento.blogspot.com)
(mailto:amaralnascimento@hotmail.com)
Anónimo a 26 de Janeiro de 2005 às 01:11

Janeiro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
14
15

16
17
22

23
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

facebook