TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

27
Jan 05
pedras2.jpg

De um lado a praia, do outro as dunas. A separá-las a cerca. E foi acerca desta visão que eu me debrucei. Felizmente a cerca era das baixinhas, ou do alto dela o tombo era maior. Não faz sentido? Há muita coisa que não o faz e nem por isso dispensa atenção.
publicado por migalhas às 12:37

Essa praia parece-me familiar. Será no algrave? Sera no ancao? Patrícia
(http://chamomepatricia.blogs.sapo.pt)
(mailto:noratlas@sapo.pt)
Anónimo a 31 de Janeiro de 2005 às 12:23

A existência duma cerca faz sentido. Há coisas que precisam ser separadas,por diversas razões (algumas sem sentido...). A "cerca" de Berlim também não fazia sentido, mas essa não era baixinha. Também não era baixinha a tal na Polónia e esta agora em Israel.
Como vês, há muita cerca que não faz sentido, e por isso temos que estar todos com muita atenção... Amaral
(http://amaralnascimento.blogspot.com)
(mailto:amaralnascimento@hotmail.com)
Anónimo a 27 de Janeiro de 2005 às 21:18

Janeiro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
14
15

16
17
22

23
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO