TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

18
Mar 11

Para muito não sou tido, sequer achado

porta fora, fora de portas, que de nada serve opinar

tanta é a exclusão, a indiferença por quem também pensa, mas impossibilitado de se expressar

vergado à censura, à opressão, à prepotência de quem se julga acima de tudo, acima de todos

 

O dia virá em que a mudança se operará

e então um conjunto de novos e prósperos dias se erguerá daquele horizonte antes acinzentado, macerado e demais cansado de tanta promessa vã, de tanta falsidade e mentira, que não dá, só tira, em nome dessa gula tirania

 

Aqui, ali, um pouco por todo o lado

grassam tiques de injustiça

aos sete ventos apregoados numa viciada feira de vaidades erguida em tão frágeis barraquinhas que nem o sopro do lobo em pele de cordeiro

neste crescente pardieiro

onde já nem pão na mesa

que não há costura que tudo suture nem mal que sempre dure

 

inédito de migalhas (100NEXUS_2011)

publicado por migalhas às 10:28

Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
19

20
22
25
26

27
28
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO