Quarta-feira, 02 de Junho de 2010

aprender a cair

começa-se cedo, ainda criança

aprender a cair

custa tanto que tantas vezes dói

e depois quando se julga ter aprendido com todas as lições, eis que se faz adulto

e nesse novo estado as quedas como que crescem

nos dias, nos momentos em que não correu como o desejado

e depois há que insistir, tudo reaprender

passo a passo, que o processo não é novo

pois cada queda pede novo erguer

custe o que custar, que é em pé que percorremos o mundo

a vida, este peso, este fardo

a mais difícil das odisseias

que dela nada sabemos, sequer a entendemos

qual criança que tenta e por fim consegue

aprender a cair

para de novo se levantar

e a viagem retomar

olhos postos no passo a seguir



publicado por migalhas às 19:54
Terça-feira, 01 de Junho de 2010

“O meu olhar é nítido como um girassol.

E o que vejo a cada momento é aquilo que nunca antes eu tinha visto, e eu sei dar por isso muito bem…

Sei ter o pasmo essencial que tem uma criança se, ao nascer, reparasse que nascera deveras…

Sinto-me nascido a cada momento para a eterna novidade do mundo”.

 

Alberto Caeiro



publicado por migalhas às 10:41
TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


facebook
contador
pesquisar neste blog
 
NetworkedBlogs
subscrever feeds