TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

22
Dez 09

 

Que melhor prenda poderia eu desejar neste Natal que a edição de mais um livro? Mais um, é verdade, o 5º. Desta vez em formato de auto publicação pela Bubok, essa editora que apareceu, viu e venceu, e a nós, os que não concebemos a vida sem livros, sem a magia da escrita, cativou, desde a primeira hora, pelo modo como permite que sejamos nós, os criadores, os que pomos tudo em cada linha, em cada página, a decidir como, quando, enfim, tudo o que diga respeito ao livro que nos propomos editar. É caso para dizer (e já não era sem tempo): POWER TO THE AUTHOR! Aqui fica a capa, espero que gostem, dela, mas essencialmente do miolo. Para quantos queiram saber mais, ou mesmo adquirir no formato que melhor entenderem, deixo aqui o endereço: http://www.bubok.pt/libros/492/inexistir.

Pela minha parte, foi um prazer. Como sempre.

publicado por migalhas às 22:05

16
Dez 09

Nas portas de que me abeiro

de quantas se perfilam hirtas

para lá delas segredos escutar

não há mapa que me ache o Norte

nem fechadura que a curiosidade me sacie

num golpe de asa que seja golpe de sorte

 

o que sigo são passos

infindáveis, frágeis passos

num caminho que nunca se formou

olho a Sul onde nada se revê

casta horda de mulheres sem rosto

difusas almas que vagueiam sem prumo

do sol nascente, elo a elo à corrente poente

nas veias de um sonhador descrente

cego aos olhos de uma criança

entre um mar de tanta gente

 

perdidos os passos

infindáveis, frágeis passos

cerram-se as portadas

barreiras ao vento

em fiadas de mentiras nunca contadas

da cerrada boca do sonhador descrente

neste fôlego de tanta gente

 

aqui nada há que me agrade

seja fome, seja vento ou neve

que tudo é demasiado breve

para se imaginar com esta idade

publicado por migalhas às 00:30

11
Dez 09

Lua, Lua, lá no céu

entre as estrelas como um barco a navegar

olha para a Lua, linda Laura

olha para a Lua, linda Laura

eu vou-me deitar

eu vou-me deitar

 

... e suavemente a linda Laura recolhe-se na paz de um profundo e retemperador sono. Até novo despertar para tantas e novas descobertas, para o desfilar de tantas e novas habilidades.

 

publicado por migalhas às 13:42

10
Dez 09

370 Dias depois, eis que recordo o lançamento deste meu último trabalho publicado, pois que mais existem em fila de espera, aguardando por melhores e mais luminosos dias que lhes permitam ver essa mesma luz. Até lá, vou recordando esta minha montra onde um pouco mais de mim expus, um pouco mais de mim mostrei.

publicado por migalhas às 00:06

Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
14
15
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO