TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

26
Jun 09

que feito maior que a descoberta do que somos, de que somos
se ontem as mãos, hoje os pés
amanhã a tomada de consciência de quem somos
para uma vida inteira a tentar saber porque o somos e o que nos permite tal

nada se lhe compara
na tamanha importância, na imensa revelação
que é concluir a essência da nossa essência
deste animal que é racional e por isso tão mais estrutural
e como se estrutura e porquê

sabermo-nos, descodificarmo-nos, entendermos a razão daquilo que somos feitos
seja matéria ou coisa etérea, qual alma ou consciência
ganha a forma de uma vitória
de batalhas sucessivas que por entre danos colaterais terá sempre o propósito último de ganhar essa guerra avassaladora
a mesma que um dia iremos usar como bandeira que nos conduza mais além
a outras descobertas então exteriores ao nosso ser, alheias ao nosso código genético
que nos valide enquanto perscrutadores do mundo que nos rodeia e tanto aflige
por pura ignorância de quem não entende a ordem natural das coisas

e então sim, autorizados moralmente a seguir adiante rumo ao capítulo seguinte e ao seguinte e por aí adiante
até senhores do todo global

do que somos, de que somos, por que o somos, do que nos permite que assim sejamos
na esperança de um dia merecermos a veleidade, hoje arrogante, de querermos descortinar o que nos está adiante, qual nirvana que no seu propósito profundo nos coloque em sintonia com tudo aquilo que nos rodeia e que tanto receamos, ainda receamos, por pura ignorância de quem não entende a ordem natural das coisas

publicado por migalhas às 22:39

Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
23
25
27

28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO