TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

11
Nov 08

Não te desculpes, não o faças

Nunca, não te atrevas

Pois nessa hora será a minha hora

A de me confessar pelo que não fiz

E o que não fiz foi desculpar-me mil vezes mais perante ti

E a fazê-lo, por todas as vezes que não o fiz,

Nem quantas vidas, tantas como as desculpas que esqueci, que mo permitam

Por isso nunca te desculpes

Nem agora nem em nenhuma hora

 

publicado por migalhas às 17:45

Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
25
26
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO