TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

11
Ago 05
Este, certamente, não é um esquecimento muito comum. E ainda bem, acho eu. Pois não é todos os dias - mesmo com o stresse, o cansaço e o ritmo acelerado das nossas vidas - que nos esquecemos do nosso cônjuge numa estação de serviço e só damos pela sua falta... passadas 6 horas! Ora foi exactamente isso que aconteceu a este senhor oriundo da Macedónia. Em viagem por terras italianas a caminho da sua casa, na Alemanha, e depois de uma breve paragem numa estação de serviço para abastecer o veículo em que seguia na companhia da sua esposa e da filha de 4 anos, este senhor pura e simplesmente voltou ao volante e fez-se de novo à estrada sem sequer averiguar se a bordo se encontrava toda a sua enorme família. É certo que vai ter que contar por muitos anos, mas não é menos certo que muito vai ter de ouvir também. Da sua mulher, entenda-se. Que se viu totalmente esquecida e abandonada, sem dinheiro, nem documentos, enquanto o seu, no mínimo distraído, marido seguia viagem, sabe-se lá se contente da vida. Regressada dos lavabos e estranhando a demora, a pobre senhora tratou de alertar as autoridades que foram dar com o senhor 340 quilómetros mais à frente, calmamente ao volante do seu veículo, convencido de que a mulher seguia no banco de trás junto com a filha, como era costume, segundo afirmou. Daqui se conclui que, pelo sim pelo não, o melhor mesmo é marido e mulher manterem contacto visual ininterrupto durante cada viagem que façam juntos. Pode até ser um pouco cansativo, mas evita danos maiores. É que se a moda pega, até parece que já estou a ver, principalmente nos meses de Julho e Agosto, as estações de serviço de norte a sul de Portugal repletas de mulheres abandonadas, enquanto os incautos maridos se dirigem às praias na tentativa de atraírem as atenções de outras que, quiçá, também por lá terão ficado votadas ao abandono.
publicado por migalhas às 10:46

Agosto 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
15
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO