TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

09
Ago 05
124872main_crew.jpg

O space shuttle Discovery e a sua tripulação de sete astronautas regressaram esta madrugada sãos e salvos a casa. Passavam 11 minutos das cinco da manhã, horas locais, quando a aterragem perfeita se deu na base aérea de Edwards, na Califórnia. Depois de adiada por um dia e hoje ainda transferida para a Califórnia, devido a más condições atmosféricas em Cape Canaveral, na Flórida, a aterragem da Discovery concluiu assim a primeira missão oficial desde o desastre da Columbia, há 2 anos e meio atrás. Com um tempo oficial de precisamente 13 dias, 21 horas, 32 minutos e 48 segundos, período em que protagonizaram 219 órbitas à volta da Terra e percorreram 5.8 milhões de milhas, nave e tripulação voltaram a pisar solo firme, pondo termo ao ambiente de ansiedade de que se rodeou esta missão, ensombrada que estava pelos fantasmas ainda recentes da malograda Columbia. Os sete astronautas descreveram a missão como um teste de voo, a que se juntou uma útil visita à Estação Espacial Internacional. Presente na mente de todos, fica ainda o momento em que se procedeu a algumas reparações no exterior da Discovery, reparações essas que surgiram logo no momento do lançamento, a 26 de Julho, quando algumas placas de protecção da nave se soltaram indo alojar-se na barriga da nave. Aliás, uma reparação sem precedentes na história das missões espaciais, pelo que a sua concretização se revestiu de uma importância, obviamente, acrescida. Uma vez que desta viagem dependia grande parte do futuro do plano espacial Americano, tudo indica que o optimismo agora confirmado se materialize já em breve com novas deslocações ao espaço, quem sabe a bordo do novo veículo espacial de que já se fala. Entretanto, e enquanto este não se concretiza, pelo menos fica a garantia de que a Discovery está bem e recomenda-se.
publicado por migalhas às 17:35

Um estudo recente alerta para o perigo do uso dos tradicionais chinelos de praia, vulgo de enfiar no dedo. Embora estejam na moda e sejam altamente práticos e frescos na época de Verão, a verdade é que podem colocar a vida de quem os usa para conduzir em sério risco. Segundo o mesmo estudo, três em cada quatro automobilistas admitiram dificuldades em conduzir de chinelos, enquanto que os especialistas em segurança na estrada avisam poder tratar-se de uma decisão letal. A facilidade com que este tipo de calçado pode ficar preso debaixo dos pedais e causar um acidente grave, se não fatal, é imensa. A ausência de suporte no tornozelo pode fazer com que o pé escorregue do pedal, com consequências que podem ser trágicas. Nada que toda a gente não saiba já, ou pelo menos não desconfie, mas que diariamente é deitado para trás das costas, até ao dia…
E como se esta não fosse já de si razão suficiente para evitar o seu uso, o mesmo estudo adianta ainda que 14 em cada 25 pares de chinelos testados continham químicos altamente tóxicos na sua composição, conhecidos por diminuir drasticamente a produção de esperma nos homens, para além de serem altamente nocivos para o fígado, rins e órgãos reprodutivos. Se é para andar com os pés ao fresco, então que se ande descalço. Pode até magoar os pés, mas pelo menos a vida fica salvaguardada.
publicado por migalhas às 15:35

099641.jpg

Os astrónomos acabam de anunciar a descoberta de um corpo celeste de grandes dimensões muito próximo dos limites do Sistema Solar, num acontecimento que já foi qualificado como uma das maiores descobertas da astronomia.
As informações sobre este novo planeta ou astro são ainda poucas, mas os astrónomos já revelaram que o corpo em questão nunca se aproxima mais do Sol do que Neptuno, passando a maior parte do tempo mais longe que Plutão.
Para já, sabe-se que se trata do maior objecto já encontrado nos limites do Sistema Solar, sendo praticamente certo de que a sua composição é gelo e rocha.
Depois do lago gelado de Marte, onde se dizia impossível a existência de água, agora um novo planeta no nosso, já dado como completo, Sistema Solar. Depois disto, será que ainda há quem pense que estamos sozinhos neste universo? Somos é uma ínfima parte de tudo aquilo que o constitui, isso sim. O que já é um privilégio, certo?
publicado por migalhas às 09:56

Agosto 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
15
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO