TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

22
Set 04
“Que género de coisas nos faz fantasiar? As fantasias têm de ser irrealistas. Porque no momento, no segundo, em que são concretizadas deixamos de as desejar. Para continuar a existir, o desejo deve ter o seu objectivo eternamente ausente. Não é “aquilo” que queremos, mas “aquilo” como objecto de fantasia. Assim, o desejo sustenta fantasias malucas. Só somos verdadeiramente felizes quando sonhamos com a felicidade futura. Ou aquilo que nos leva a dizer “a caça é mais doce que a presa” ou “cuidado com aquilo que desejas”. Não por podermos obtê-lo, mas porque estamos condenados a desdenhá-lo, mal o tenhamos. Vivermos segundo os nossos desejos nunca nos fará felizes. O significado de se ser plenamente humano é tentar viver com base em ideias e ideais e não avaliar a nossa vida por aquilo que alcançámos em termos de desejos, mas sim por aqueles pequenos momentos de integridade, compaixão, racionalidade e até mesmo abnegação porque, no final, a única forma de medirmos o significado das nossas vidas é avaliando as vidas dos outros”.

Pascal Lacan
publicado por migalhas às 16:19

Setembro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
14
16
18

19
21
23
24
25

26
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO