TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

26
Mar 09

eu queria ser eu, mas vezes dois
poder fazer o que dois como eu poderiam fazer com o tempo de cada qual
eu queria poder fazer tudo o que aos dois assalta e estimula cada ramificação de ambos os cérebros numa ebulição constante que não se cansa e por isso se recusa a dormir
que dormir é tempo perdido
e perder tempo é ver definhar aquele que ainda me resta

eu quero ser duas vezes ou ser só eu mas com o dobro do tempo para me realizar
poder acompanhar quem me é mais e poder ser eu também e mais além
sem a nada me privar, poder de tudo desfrutar
não ter de prescindir para poder seguir
tudo conseguir e poder alcançar

para isso dois, eu e outro como eu, num tempo que se multiplica
para mim, para meu gáudio
hoje vezes dois, amanhã vezes a soma de quanto pretendo ainda criar
sem nunca me vergar ao peso de me ver naufragar
em tanto que poderia e desse apenas quota-parte
a mais ínfima parte de um todo improvável
a fazer-me crer que poderia ter sido tão mais
poderia ter sido tudo e alcançado o que homem algum sonhou sequer tentar

fosse eu dois ou tivesse o tempo de dois como eu
fosse eu a dobrar

publicado por migalhas às 23:31

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
19
21

22
23
25
27
28

29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO