TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

31
Mar 08
Num segundo tudo muda, muda tudo num segundo.
O mesmo segundo que nem se percepciona, nem se sente, aquele que passa um e logo outro após outro e nós por ele, a ignorá-lo, a desprezá-lo, a desperdiçá-lo.
E é sob o peso dessa humilhação sentida por ser breve e incapaz de ganhar respeito, que se vinga em nós, de nós, mudando o que pode, transformando na ordem inversa do que ele é, pouco ou pequeno.
Porque um segundo tudo muda.
E muda a norte e muda a sul, muda o segundo e tudo se perfaz diferente, no segundo seguinte.
Afinal um segundo não é só ele, breve como se mostra, a supor-se inofensivo.
Um segundo é poderoso.
Junto com outro e mais outro, furioso, faz toda a diferença, ele acrescenta, da mesma forma subtrai, tudo, tudo ele faz, no espaço e no tempo do que ele é, um fugaz segundo.
publicado por migalhas às 14:39

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO