TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

08
Nov 05
E se de repente um estranho lhe oferecesse flores? Ou encontrasse um branco de carapinha? Ou, se ao procurar o último livro do publicitário Miguel Teixeira, acabasse por descobrir que ele até vem empacotado e tudo. Como um sumo. Mas não se deixe enganar. Qualquer semelhança com um novo néctar acabado de lançar no mercado é pura coincidência. Essa embalagem apenas acolhe o fruto da mente criativa do autor, mantendo-o fresco e natural sem a adição de quaisquer corantes ou conservantes. Ponto de partida para o título. “Sem corantes nem conservantes” revela-se um retrato fiel do dia-a-dia de duas duplas de criativos e das suas performances nas respectivas agências de comunicação. Todas as noitadas, a comida de plástico, o sangue, suor e lágrimas por que passam, até chegarem ao mais mediático dos festivais internacionais de publicidade: Cannes. Tudo isto é narrado a cru, tudo isto reflecte um pouco da publicidade portuguesa dos nossos dias, tudo isto é o fado de um publicitário que finalmente se propôs a romancear o mundo em que se move há 14 anos.
publicado por migalhas às 18:18

Novembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO