TUDO É ILUSÃO, DESDE O QUE PENSAMOS QUE PODEMOS AO QUE JULGAMOS QUE TEMOS.

07
Jan 08

A pequenina ali ficou, a chorar. A exteriorizar com lágrimas abundantes o que não consegue dizer, a sentir-se assim, triste, mas incapaz de contrariar, pois é pequenina e tem de obedecer. E eu, que até sou forte, se bem que não seja insensível, isso não, olhei-a e deu-me um aperto forte, aqui no coração. Mas resisti a tomá-la nos braços, a enleá-la num abraço apertado, a resgatá-la das mãos da educadora e partir na sua companhia para um dia diferente. Um dia que a fizesse rir, com aquele sorriso que me derrete, com aquelas observações que me desfazem o coração e me fazem sentir tão orgulhoso. Em vez disso, de um dia assim, diferente, que a fizesse rir muito, por vezes à gargalhada e eu com ela numa cumplicidade que só pai e filha, virei-lhe costas e fui à minha vidinha. E ela ali, a chorar, tão pequenina, a querer dizer com lágrimas que não queria ali ficar. E eu, cruel, mesmo sabendo, virei-lhe as costas e deixei-a triste, incapaz de contrariar a sua tristeza e fazê-la feliz. Com um dia diferente, a passear, a ver o mundo, a fugir dos compromissos comuns e a viver junto com ela e a ouvi-la rir, por vezes à gargalhada. Partiu-se-me o coração vê-la ali, assim, naquele pranto. Mas fui cobarde e fugi. Fui à minha vidinha e em vez de um, ficámos os dois assim, tristes, longe um do outro, eu arrependido e ela a soluçar. Agora só a vejo ali, pequenina, a chorar, aquele rosto sentido, a chamar, a querer fugir e não poder. Incapaz de contrariar, pois é pequenina e tem de obedecer. E eu, por que sou adulto e tenho sempre outras coisas para fazer. Mesmo sabendo-a prioridade e sabendo que andarei de coração partido de cada vez que assim acontecer. É que um dia deixará de ser pequenina e então como será? A minha menina?

publicado por migalhas às 12:49

Pronto, agora deixaste duas a chorar..... é isso mesmo, não sei como somos capazes.... parte o coração e mmo assim, viramos as costas.
Ana a 10 de Janeiro de 2008 às 11:37

Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
15
16
17
19

20
21
23
25
26

27
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

facebook
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO